Poemas e Prosas: Peço-te

sábado, 13 de setembro de 2014

Peço-te

Peço-te que não se vá meu amor
Peço-te que não se vá meu amor
Pois sentirei dor
Dor de não a ver mais
Não a ver mais sem o frescor de seus lábios
Nos meus tão desengonçados

Peço-te que não se vá meu amor
Pois terei saudade,
Saudade do seu olhar
Peço-te que não se vá meu amor
Pelo menos só esse milênio