Poemas e Prosas: POR QUÊ?

quinta-feira, 23 de julho de 2015

POR QUÊ?

POR QUÊ?
DE WESLEY COELHO

Por quê as coisas saem de nossas órbitas?
Por quê as circunstâncias nos fazem surpresas?
Nada é em vão.
Somos todos encurralados pelo o que fazemos.
Tanto no sentido certo ou errado demasiado.
Quantas vezes o erro fez destruições;
Os acertos podem vir a qualquer momento,
Porém morrem se não forem alimentados pelo 
que chamamos de força de vontade.
Vontade de fazer o certo e esquecer os erros do passado.