Poemas e Prosas: EU O TEMPO

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

EU O TEMPO

EU O TEMPO
DE WESLEY COELHO

Sou eu o tempo demasiado velho,
ou quase novo.
Que escolhe na estrada do vasto espaço
o viver absoluto de um lado obsoleto do viver.
Sou eu o tempo que corre lentamente, sem pressa.
Sou eu o tempo que percorre a avenida urbana do espaço.
Sou velho, porém preciso; quando tem de ser.
Sou o velho tempo que a vaidade odeia
e a juventude amedronta-se.
Sou eu o tempo.